sábado, 3 de maio de 2008

TEMPO


hOUVE UM TEMPO DE SORRISOS SUAVES

LÁGRIMAS DOCES,

CACHOS ENROLADOS

CABELOS ENOSADOS

MÃOS ROSADAS

QUE TATEAVAM O ROSTO QUERIDO

EM BUSCA DO RECONHECIMENTO.


TEMPO DE RECEBER

TEMPO DE ESPERAR PELA PRIMEIRA

PALAVRA ARTICULADA

TEMPO DE ESPERAR O PRIMEIRO PASSO

TEMPO DE VER A CHUVA

DE SE ENCANTAR COM A LUA.


HOUVE O TEMPO DO PRIMEIRO LIVRO

DA PRIMEIRA CANÇÃO

DO PRIMEIRO AMIGO

DA PRIMEIRA BRIGA

DA PRIMEIRA DOR

DO PRIMEIRO PERDÃO.


hOUVE O TEMPO DO PRIMERIO AMOR

DA PRIMEIRA FESTA

DA PRIMEIRA CANÇÃO INESQUECÍVEL

DA PRIMEIRA DESILUSÃO

DAS CONVERSAS INTERMINÁVEIS

DA MÃE AMIGA-CONFIDENTE

DOS SEGREDOS SUSURRADOS


AGORA CHEGOU O TEMPO DA BUSCA

DA INDEPENDÊNCIA

TEMPO DE DECIDIR

TEMPO DE ESCOLHER

TEMPO DE DIZER NÃO

E SIM E TALVEZ.


TEMPO DE VER A VIDA PELOS SEUS OLHOS

TEMPO DE NÃO QUERER OUVIR


tEMPO DE SER FELIZ

COMO SEMPRE FOI

SORRISO ABERTO

OLHOS ILUMINADOS

CORAÇÃO IMERSO NA BONDADE


TEMPO DE VIVER SUAS ESCOLHAS

E DEIXAR QUE SEU BRILHANTE DESTINO

SE CUMPRA

RESULTADO DE TANTOS TEMPOS

FELIZES E INESQUECÍVEIS.



Nenhum comentário: